SOBRE NOSSOS CURSOS

PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA PREMIER (MODALIDADE PRESENCIAL)

Os programas de pós-graduação lato sensu da PREMIER em parceria com a IES – Faccidade organizam seus modelos pedagógicos e suas atividades acadêmicas a partir de discussões acerca da concepção de linguagem dialógica, dos novos estudos do letramento, das legislações pertinentes à área, que traçam as principais regras e orientações a serem observadas e que são a base para as ações dos diferentes atores pedagógicos que atuam nas diferentes áreas, tanto pedagógica quanto operacional; dos estudos sobre a oferta de cursos na modalidade presencial e das definições pedagógicas da instituição. Para toda e qualquer discussão, leva-se em consideração o que preconiza o primeiro artigo da Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018 (BRASIL, 2018):

Cursos de pós-graduação lato sensu denominados cursos de especialização são programas de nível superior, de educação continuada, com os objetivos de complementar a formação acadêmica, atualizar, incorporar competências técnicas e desenvolver novos perfis profissionais, com vistas ao aprimoramento da atuação no mundo do trabalho e ao atendimento de demandas por profissionais tecnicamente mais qualificados para o setor público, as empresas e as organizações do terceiro setor, tendo em vista o desenvolvimento do país.

Por isso, todos os cursos de pós-graduação lato sensuda PREMIER são organizados a partir da análise da demanda da sociedade, a fim de que se possa oferecer os perfis profissionais necessários para o desenvolvimento da comunidade tanto local quanto nacional. O acadêmico que realiza uma especialização neste programa constrói novos conhecimentos e desenvolve habilidades e competências tanto técnicas quanto socioemocionais necessárias para atuar no mercado de trabalho e contribuir para o crescimento da área e, consequentemente, da sociedade em torno e do Brasil.

Na construção do conhecimento, o acadêmico torna-se a ator principal, em que depreende conceitos e desenvolve competências e habilidades a partir dos estudos das disciplinas que compõem cada curso. As disciplinas são organizadas a partir da concepção dialógica da linguagem em que se desenvolvem os principais gêneros do discurso necessários para a atuação do acadêmico/profissional em seu campo de atividade humana/profissional (BAKTHIN, 2003).  E as atividades de leitura e escrita desenvolvidas nas diferentes atividades acadêmicas são consideradas práticas sociais desempenhadas por atores sociais participantes ativos da comunidade em que atuam e desempenham seus papéis sociais.

Partindo desses pressupostos, apresentam-se a seguir a organização da metodologia de ensino utilizada nas atividades dos cursos de pós-graduação lato sensuna modalidade presencial, as nuances do processo avaliativo deste programa e como são realizados os suportes pedagógicos e tecnológicos para que todo o modelo pedagógico seja realizado.

METODOLOGIA DE ENSINO

Os cursos de pós-graduação lato sensuda PREMIER (modalidade presencial) são planejados e organizados por uma equipe multidisciplinar e pela coordenação de curso que estabelecem os procedimentos didáticos e pedagógicos de todas as atividades que envolvem a trilha de aprendizagem do curso. Para o curso de pós-graduação lato sensuem “Prescrição do Treinamento Físico em Atividades Aquáticas” e  Estética e Cosmética (modalidade presencial), planejou-se uma metodologia de ensino e aprendizagem baseada em dois aspectos: temas pedagógicos e disciplinas.

Os temas pedagógicos têm por objetivo apresentar conteúdos que contribuam para o desenvolvimento de um perfil profissional inovador, focando em competências e habilidades socioemocionais e no trabalho interdisciplinar. Por isso, no decorrer do curso, o pós-graduando, além de estudar os conteúdos específicos de seu curso, desenvolverá atividades relacionadas aos seguintes temas: liderança, empreendedorismo, relações interpessoais, planejamento, neurolinguística.

As disciplinas dos cursos trabalham os conteúdos específicos de formação do pós-graduando, buscando desenvolver habilidades e competências técnicas da área de atuação, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento das capacidades necessárias para um ótimo desempenho no mercado de trabalho, independente do setor em que atuará: público, privado ou terceiro setor. As disciplinas são responsáveis por fazer a relação entre teoria e prática e dar subsídios aos pós-graduandos para que atendam às demandas profissionais que lhe forem solicitadas.

Em complemento aos estudos, oferta-se a disciplina optativa de Metodologia do Ensino Superior, que pode ser requerida pelo acadêmico mediante sua própria escolha. Oferta-se essa disciplina com o intuito de preparar e habilitar o pós-graduando para atuação no ensino superior, oferecendo mais uma oportunidade de desenvolver novas habilidades e inovar na carreira profissional. Essa disciplina é ofertada somente de maneira presenciale pode ser cursada até a data de realização da última disciplina. Uma vez solicitada a disciplina optativa, não será possível excluí-la do histórico escolar.

Na Premier as estratégias metodológicas são eficientes, inovadoras e variadas, visando atingir a todos os alunos, levando em conta a teoria das inteligências múltiplas que considera a existência de diferentes tipos de pessoas com diversificadas formas de aprender. Seguem abaixo as principais estratégias metodológicas utilizadas na Premier:

  • As aulas expositivas dialogadas têm como principal finalidade a apresentação e discussão dos conteúdos programáticos, estimulando a participação e envolvimento do pós-graduando de forma ativa na aquisição e construção do conhecimento. Essa estratégia permite a troca e a interação constante entre professores e alunos.
  • As aulas práticas são desenvolvidas visando à experimentação e vivência prática nas modalidades e conteúdo específicos dos cursos, proporcionando o repensar, que, junto às vivências profissionais, reorganizam as teorias e proporcionam a construção/consolidação de (novos) conhecimentos, habilidades e atitudes.
  • A leitura, produção e interpretação de textos, associada aos seminários de debate, e estudos de caso, permitem ao pós-graduando a interação e o enfrentamento a posições, concepções e escolhas diferenciadas às suas, exigindo capacidade de análise, comunicação e fundamentação dos argumentos defendidos.

Essas estratégias sinalizam aos estudantes a necessidade de adoção de uma postura de busca e desenvolvimento contínuo em direção ao conhecimento e, consequentemente, ao processo de educação continuada. As metodologias de ensino dos cursos de pós-graduação Premier visam a inovação e o aperfeiçoamento do processo ensino-aprendizagem, contribuindo sobremaneira para a formação de um profissional autônomo, crítico, reflexivo e agente de mudanças na sociedade em que vive.

Caberá ao docente de cada disciplina decidir quais estratégias de ensino serão utilizadas, de acordo com os seus objetivos e a proposta de cada disciplina.

Critérios para aprovação nos cursos de pós-graduação

Para que o pós-graduando seja considerado aprovado nas disciplinas cursadas, independente da oferta em que realizar o seu curso, será necessário que ele possua no mínimo conceito Cem cada uma das disciplinas. A nota resultante da avaliação da disciplina será traduzida para seu respectivo conceito, conforme quadro a seguir:

 

QUADRO 3 – CONCEITO PARA AS DISCIPLINAS

NOTA CONCEITO SIGNIFICADO
9,0 a 10,0 A Excelente – aprovado
8,9 a 8,0 B Bom – aprovado
7,9 a 7,0 C Regular – aprovado
6,9 a 6,0 D Reprovado
Inferior a 6,0 E Reprovado

Fonte: Dados institucionais

 

O acadêmico que obtiver conceito D ou E na disciplina será considerado reprovado e precisará realizar a reposição. O processo de reposição de disciplina está descrito no Projeto Político-Pedagógico (PPP) do programa de pós-graduação lato sensuda PREMIER.

2.2.2 Frequência

A frequência para acadêmicos é analisada por meio da participação nos encontros presenciais conforme descrito anteriormente. É obrigatória a presença nesses momentos e o não comparecimento sem justificativa oficial e prevista em legislação considera o pós-graduando reprovado na disciplina se obtiver frequência menor que 70%, que deverá realizá-la por meio de reposição da disciplina via próxima oferta. Caso o não comparecimento seja justificado, o acadêmico terá direito a refazer a avaliação em outra data. A certificação de conclusão do curso só será expedida caso o pós-graduando tenha frequência superior a 75% (setenta e cinco por cento) no computo geral do rol das disciplinas ofertadas.

 

 

Condições para obtenção do título

 

Para ser considerado aprovado no curso, fazendo jus ao certificado, o pós-graduando deverá, obrigatoriamente:

  • cursar todas as disciplinas da matriz curricular, inclusive disciplina optativa, quando a solicitar;
  • obter conceito A, B ou C em todas as disciplinas;
  • obter conceito A, B ou C na avaliação final presencial;
  • cursar e ser aprovado na disciplina de metodologia do trabalho científico (MTC) para iniciar a elaboração do trabalho de conclusão de curso;
  • elaborar, apresentar e obter aprovação (conceito A, B ou C) no trabalho de conclusão de curso (TCC) em um período máximo de 2 (dois) meses após a conclusão da última disciplina do curso;
  • realizar, presencialmente, a apresentação individual do trabalho de conclusão de curso (TCC) (o trabalho que não obtiver aprovação será reenviado ao pós-graduando para realização das correções necessárias. Nesse caso, o pós-graduando deverá requerer nova data para apresentação presencial).